Dê-me sua mão

 

 

Há um gesto mais bonito que palavras?
Um gesto pode trazer consigo promessas?
Se gestos são sentimentos, palavras também são.
Te peço, agora, um que me traga sua proteção
Te estendo a minha mão.
 
Um gesto de carinho no mínimo.
Dê-me sua mão, e que com ela
venha as suas promessas,
De uma vida até então desconhecida.
Que ao entrelaçar os nossos dedos
Um abraço venha logo em seguida
E que seja como a brisa
 Das manhãs de primavera.
 
O gesto mais bonito.
O que traz consigo as promessas que nunca ouvi.
Te estendo a mão,
Esperando encontrar resposta.
 
Vamos caminhar juntos
Vamos viver juntos
Olhando as tardes de outono
As noites nevadas do inverno
Aproveitar o sol quente em uma praia
Nas tardes de verão
 
E se você me estender sua mão
Saiba que são estas as promessas até então.
Caso não o faça, peço-lhe:
Dê-me sua mão. 

 

Enquete

Você gostou da poesia "Dê-me sua mão"?

sim, quase chorei (0)
0%

sim, me emocionei (0)
0%

gostei (0)
0%

achei meloso (0)
0%

eu ri (0)
0%

não li (0)
0%

Total de votos: 0

Comentários:

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário